BTemplates.com

FÃS DO SAFADINHAS

Tecnologia do Blogger.

PATROCIONADO

PUBLICIDADE ESPECIAL

PUBLICIDADE ESPECIAL

Sex Links
High quality Adult links and Porn Directory. Free link exchanges. Daily Adult Traffic

BTemplates.com

PARCEIROS

Vale o Click Porno, mulheres gostosas, sexo, xvideos, tanaka Clube da sacanagem LinksTube - Agregador de Links Agregador de Links Tudo Juntos e Misturados Ponto Adulto Bombou Geral links adultos Agregador de Links - Madruga Links +18 Vadiando Na Net

Blogroll

About

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Delicia de Carnaval no retiro de um quarto


Eu coloquei de leve o dedinho lá, fui com cuidado, parecia apesar de poucas transas antes desta que ali era um buraco fácil de adentrar. Acostumado as dores do anal, ela não reagiu negativamente somente empinou-se um pouco a anca avantajada,  e fui colocando mais fundo o dedinho, peguei outro dedo e coloquei os dois ela começou a gemer levemente.

Era muito gostoso aquela cena, aproveitei e me posicionei para lamber ela também, meus dedos molhados, minha saliva escorrendo naquela vagina, era uma mistura louca mal sabia o que fazer.

E ela gemia e começava a contorcer levemente. Ela parou um pouco se virou e comecei a beijar aquela boca enquanto me posicionava a sua frente, ela de pernas abertas já bem molhada. 

E comecei a penetrar levemente, suavemente, o pau endurecia na frente, e as bombadinhas eram menores, não chegava mais fundo era ali mesmo, via o ficar mais hirto lá dentro, mas bem perto da portinha e os beijos eram mais molhados, as salivas pareciam mares abertos, o pau que penetrava sempre deslizava para fora porque a xana era bem molhada como correnteza.

Era difícil manter ele lá dentro quando retornou a penetrar comecei socar intensamente como quem queria chegar ao útero e o pau lá dentro sentindo o calor daquela xana, mesmo encapado com a camisinha eu sentia um deslizamento e uma quentura fora do normal.

O pau logo pediu uma nova posição e a puxei para ficar em cima de mim, adorava como Helena subia e descia cavalgando era especialidade dela.

Pelos olhares e bocas que ela fazia era a posição que ela sentia mais prazer, eu sentia que ela dava umas sentadas mais fortes, as vezes eu forçava para cima o pau como se penetrasse papai e mamãe só que em um ângulo bem mais horizontal, ela me abraçava as vezes.

Logo após um abraço intenso e beijo longo, ela virou de costas para sentar e cavalgar ao avesso, eu coloquei-me relaxado só para receber a bunda dela quicando em mim. Fiquei só recebendo o prazer, logo eu voltei a ativa bombando para cima horizontalmente e comecei a dar puxões no cabelo ela não gostou muito, mas resistiu uns minutos, logo a virei de ladinho meio estilo Kama Sutra num contorcionismo estranho o pau entrava levemente e ela gemia de prazer por longos segundos e ora longos minutos.

Paramos um pouco, ela se virou nos beijamos mais, a cena romântica de filme, começa de novo a putaria literalmente, putaria mesmo porque o romântico ficou de lado e a abracei com vontade e enfiei até o fundo, a xana era bombada a um nível que começou um leve nhec nhec na cama, e vi que ela tinha um orgasmo mais nítido naquele momento virava como no ditado popular "os olhinhos" e o beijo mais gostoso acontecia, às vezes eu fazia movimentos nos seios com a língua e beijo, bombadas, toques nos seios e partes do corpo concluíam o grande ato.

A folia num sábado tão discreto, se tornava mais quente que os 40o graus na cidade daquele dia, o quarto estava tomado por uma cama cheia de fluídos e suores...

CONTINUE LENDO, ACESSE A PÁGINA DO LIVRO E LEIA O RESTO DESTE CONTO E MAIS 40 CENAS PICANTES.




0 comentários:

Postar um comentário